Ocorreu um erro neste gadget

domingo, 12 de junho de 2011

Amor VS Sexo Parte II: O sexo :Amor sem sexo, é amizade, sexo sem amor é vontade.

Aos que leram a postagem anterior já devem ter percebido que o romantismo, tal como pelos poetas, não é muito atrativo a mim, talvez eu goste mais do que é carnal e do que é mundano. Por isso gosto tanto de sexo. Geralmente o amor é colocado como algo puro, inocente e sublime, já o sexo é sempre impuro, sujo, mundano e carnal.
                Quantas vezes ao término de relacionamentos duradouros, de repente nos vemos sozinhos com aquela pessoa que vivemos tantos momentos, que tivemos uma relação tão íntima, não só sexual, mas também de pensamentos, planos, sonhos e ideologias, porém não é nada mais intrínseco do que o sexo. De repente nos vemos transando com aquela pessoa, sim transando e não mais fazendo amor como outrora fora feita, fazendo sexo por vontade de ter prazer, por vontade de esquecer os problemas que já foram causados, as brigas e as discussões.
                Para que o sexo seja bom não é necessário o amor, mas é necessário algum tipo de afetividade, como ,por exemplo, a atração física, quando apenas com um toque sentimos todos os nossos instintos animais a flor da pele, ou a paixão, que trás aquele sexo selvagem, e intenso, tão intenso, sempre com intensidade de ultima vez, e necessidade de nunca ser ultima a vez, e de não acabar.
                Agora quando o sexo é feito sem motivo, e com qualquer pessoa, apenas por fazer, para buscar o prazer, sem atração, ou qualquer outro afeto, as preliminares são insatisfatórias, o prazer é inexistente, os beijos tem gosto amargo, e o orgasmo surge apenas pela repetição mecânica, e não surge por prazer, surge com muito esforço, talvez para concluir algo, como se a necessidade se atrair o auge de uma transa, fosse melhor todo o caminho mal feito desde o começo, desde a escolha de uma pessoa qualquer, até o auge da excitação de ambos, quando o corpo devia ser dominado pelo prazer, o corpo apenas extrair um liquido devido ao grande esforço que fora feito durante o tempo, que por mais curto, parece uma eternidade em tempo perdido, e causa frustração.
                Em situações assim, de extrema carência, e alta vontade sexual, e ausência de alguém, o melhor a ser feito e resolver isso, sem ajuda, com próprio corpo, sim masturbação, tanto para o homem, quanto para a mulher, pois não faz sentido essa sociedade patriarcal e machista, moldada em padrões de uma moral que se diz cristã,muitas vezes, hipócrita, se os homens têm esse direito as mulheres também, de conhecer o corpo, soltar a imaginação, quanto ao sexo que é algo tão necessário, claro que os homens têm mais facilidade em se satisfazerem sozinhos, devido a criação, e a forma patriarcal a qual foram criadas, diferentemente das mulheres, não a toa apenas 25% das mulheres do mundo inteiro, “gozam” com penetração, já os homens gozam que sem nem mesmo sentir prazer.
                Como Rita Lee: O amor sem sexo,é amizade, sexo sem amor é vontade.
É bom ter amizades, principalmente as coloridas, pra mim são perfeitas, nada melhor do que transar com alguém com que temos amizade, pois após o orgasmo tudo volta ao normal, não existe cobrança, a necessidade de ligar no dia seguinte, nem medo, nem vergonha, não restrição, tudo é possível, e o sexo é prazeroso e efêmero.
                O sexo somente por prazer, pode ser muito prazeroso, e se cumprir essa função, e experiências atípicas podem ser incríveis, como sexo em lugares proibidos, como em uma avenida movimenta e escura durante a noite, ou com mais de uma pessoa.
                Se o amor é bom a longo prazo, o sexo pode ser divino, e curtos e intensos períodos de tempo, as vezes minutos.

11 comentários:

  1. mesmo que você negue, seu texto tem sim romantismo! quando você diz que é bom ter uma afinidade com a outra pessoa para que o sexo seja melhor, tem um romantismo inserido! não é extremo, eu entendo. mas é uma visão bonita e romântica também! =] eu concordo. sexo mecânico não satisfaz... na verdade gosto de poetizar sobre sexo. acho que faz parte do ideal da mulher, haha. anyway, estou devaneiando muito!
    indo pro "outro" assunto...sou muito a favor da masturbação feminina e apoio a ideia de que a mulher consegue sim ter prazer facilmente com seu próprio corpo e sua própria vontade. É só deixar de lado a vergonha e os conceitos morais de costume... queria saber o que leva só 25% das mulheres a gozar de fato com penetração! é uma construção estranha, né?! haha como pode o sexo de fato funcionar mais pra um do que pro outro... as mulheres devem se libertar dos tabus que criam pra ter sexo decente! tem muita moral envolvida e talvez o problema desses 75% seja meramente atribuição psicologica e de moral mesmo! vou fazer uma tese sobre isso! XD
    ademais, adorei o texto. bem provocativo! :D

    ps: mulheres, se toquem ;)

    beijo grande, querido =]

    ResponderExcluir
  2. então ... como eu te respondi em meu blog, não entendo nada de sexo ... apenas gosto dele ... rsrsrs ...

    olha, eu penso que o sexo faz transcender a Alma ... ai já diz quase tudo ... deve ser feito com pessoas de quem gostamos, respeitamos e nos sentimos atraídos ... se as rotulamos de amigo, de ficante, de amante, não importa ... importa é o respeito mútuo e esse gostar de que falei ... não rotulemos nossas relações ...

    suas reflexões são ótimas ... e refletirmos assim, faz avançar nossa maneira de ver essa questão ... abraço pra você ...

    ResponderExcluir
  3. Nossa, amei o post.
    E falando por mim mesmo, realmente homens muitas vezes gozam sem sentir prazer mesmo..=(
    Mas mudando de assunto,rsrs
    Desculpa a demora em retornar seu comentário.É que reservo normalmente o fim de semana pra visitar blogs e retribuir comentários mas neste final de semana estive doente daí acabei sem fazer nada na net.
    Ah, linkei teu blog lá no meu viu e agradeço muito por vc comentar nas minhas postagens.Já era seguidora antigamente? Nossa, quem será você? rsrs.
    Um grande bjo ,até breve.

    ResponderExcluir
  4. Agradecendo e retribuindo o carinho da visita ... amei a oportunidade de por aqui viajar em suas emoções e sentimentos ... delicia pura ...

    bjão

    ResponderExcluir
  5. Gosto de sexo, mas não tanto para sair assim praticando de qualquer jeito. Nesse caso, se for só algo mecânico, prefiro mesmo a masturbação.

    Acho que tive parceiro sexuais demais... rs... Hoje estou seletiva.

    Obrigada pela visita

    Beijocas

    ResponderExcluir
  6. Amor x Sexo
    uma eterna batalha
    e sem vencedores.

    ResponderExcluir
  7. Retribuindo e agradecendo a visitinha ^^
    Gostei muito de seu blog;*.

    Amor e sexo, duas combinações que não precisam estar necessariamente juntas, mas é sempre bom quando isso acontece. Também concordo plenamente no que você diz, pois sexo não deve ser um ato robótico,se faze-lo o prazer deve ser de ambos e não somente de um. É uma pena que ainda exista esse preconceito de que somente o homem precisa sentir prazer...

    beijos da Dangerous!

    ResponderExcluir
  8. Oi, cá estou!

    Puxa, você veio mexer com a cabeça do povo!
    Assunto para textos e mais textos, eis um tema que nunca se esgota. Vá fundo, manda cá esses devaneios, pois leitores não faltarão.

    Beijoca para você.

    ResponderExcluir
  9. Hummmm..acho que vc é a JB?
    Confere essas duas iniciais/?
    rsrsrsr

    bjoo, obrigado mais uma vez.^^

    ResponderExcluir
  10. Olá, excelente post, adorei. Parabéns, sua maneira de escrever é incrível. Bom, deixe-me fazer um convite para ler o novo capítulo de um romance saindo quentinho do forno, inédito. É o meu blog-book “Illegitimate”. Visite o POET (Pages Of Erased Text) http://pagesoferasedtext.blogspot.com/ e saiba tudo sobre. Ate agora estou tendo ótimos comentários (ate agora...rs). Te vejo por lá. Cuide-se.

    ResponderExcluir